Metanálise de Relações Interpessoais no Método de Rorschach em Países Ocidentais

Rafael Rubens de Queiroz Balbi Neto, Sávio Silveira de Queiroz

Abstract


Este estudo tem por objetivo realizar uma metanálise comparando o resultado de variáveis indicadoras de
relações interpessoais (HVI, Índice de Hipervigilância, CDI, Índice de Déficit Relacional, SumT, Soma
das respostas de Textura, COP, Movimento Cooperativo, AG, Movimento Agressivo, p, Movimento
Ativo e a, Movimento Passivo) em 14 países ocidentais (Itália, Argentina, Grécia, Finlândia, Dinamarca,
Bélgica, Austrália, Estados Unidos, Espanha, Romênia, Portugal, Peru, Holanda e Brasil). Para isso,
foram analisados 16 artigos de normatização do Sistema Compreensivo de Rorschach, comparando onze
medidas diferentes entre os 14 países (HVI positivo, CDI=5, CDI=4, CDI positivo, SumT=0, SumT>1,
COP=0, COP>2, AG=0, AG>2 e p>a+1). Os resultados apontam que a amostra brasileira está acima de
01 Desvio Padrão para as seguintes medidas: CDI=5, CDI=4, CDI positivo, AG=0 e p>a+1. Além disso,
apresenta a maior medida para CDI=5, CDI=4, CDI positivo e AG=0 dentre todos os artigos analisados.
Os dados indicam que os participantes da amostra brasileira apresentariam mais dificuldade para
enfrentamento de problemas na demandas social do que os participantes das amostras dos outros países.


Keywords


metanalysis; interpersonal relationships; Rorschach Test

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5964/ijpr.v5i1.55